Categoria: Arqueologia no Parlamento (Page 2 of 4)

Associações da Cultura querem uma estratégia a longo prazo para o sector

“Quarenta associações e entidades representativas da Cultura foram ouvidas entre terça-feira e esta quarta-feira na Comissão de Cultura e Comunicação, na Assembleia da República, a pedido do PSD, a propósito da paralisação da actividade do sector e do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) como resposta à pandemia da covid-19.”

A notícia do “Público” pode ser lida AQUI.

“Ouro branco” do património está a ser desvalorizado

“Associações culturais pediram hoje, no parlamento, medidas para a situação dramática na cultura, cujo “ouro branco”, o património, está a ser desvalorizado, enquanto responsáveis dos museus defenderam 2% do Plano de Recuperação e Resiliência para recuperar o setor.”

A notícia da “Cultura ao Minuto” pode ser lida AQUI e a do “Observador” pode ser lida AQUI.

Audição de Associações ligadas à Museologia

Audição da Associação dos Arqueólogos Portugueses (AAP), da Associação Portuguesa de Museologia (APOM), do ICOM Portugal – Conselho Internacional de Museus, da Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal (ARP), da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação (BAD), da Ordem dos Arquitetos e do Acesso Cultura.

O vídeo integral pode ser visto AQUI.

Programa Ciência no Património Cultural

Foi publicado no Diário da República n.º 37/2021, Série II de 2021-02-23, o Despacho n.º 1992/2021 que cria o Programa Ciência no Património Cultural

Este Programa constitui uma parceria estratégica entre as áreas da cultura e da ciência, tecnologia e ensino superior, com vista ao estímulo à implementação de projetos de doutoramento colaborativos por instituições académicas e culturais, tendo por fito o reforço do estudo de coleções e do património cultural. Estas atividades colaborativas permitirão alcançar novas perspetivas e abordagens de apresentação das coleções aos públicos e serão motores de inovação na respetiva gestão, designadamente no que respeita à aplicação de métodos laboratoriais de diagnóstico, à conservação, restauro e monitorização de peças, à luminotecnia, monitorização e controle de ambientes e à otimização de embalagens e materiais de acondicionamento de objetos, entre outros.

Este Programa, de âmbito plurianual e com uma vigência de três anos, será financiado e promovido pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I. P. (FCT, I. P.), em articulação com a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

O Programa Ciência no Património Cultural estabelece como principais metas globais a abertura de procedimentos concursais para 100 bolsas de doutoramento e a abertura de procedimentos concursais para 30 contratos a celebrar com investigadores doutorados. Prevê-se ainda a constituição e promoção de consórcio(s), a constituir entre a Direção-Geral do Património Cultural e laboratórios do Estado, unidades de I&D e instituições do ensino superior, com o objetivo de desenvolver e dinamizar projetos e iniciativas de cooperação científica e cultural.

Com a implementação deste Programa, pretende-se promover o emprego científico e qualificado e as atividades de ensino e investigação na área da cultura e reforça-se a qualificação das equipas dos museus, palácios, monumentos e sítios arqueológicos.


« Older posts Newer posts »

© 2021

Theme by Anders NorenUp ↑